sábado, março 10, 2007

Diário de um escandalo

Mais um filme que fui ver. Desta vez sem violência mas com uma gaja velha, professora, fufa e má como as cobras, interpretada pela Judy Dench. No meu tempo de liceu (há muito tempo, ainda no seculo passado!!!) muito o género das professoras de português e de francês.

O enredo baseia-se nesta professora que vive sozinha com o seu gato e numa professora de arte, a Cate Blanchett, muito linda que um dia vai lá para a escola e se torna logo muito popular.

A velha tenta fazer-se amiga dela e a parva que acha que é por ela viver sozinha e assim, até a convida para ir lá a casa.

O pior acontece quando a professora velha descobre que a outra tem um affaire com um aluno de 15 anos (que parece ter para ai uns 18). Faz chantagem com ela, tentando até outro tipo de avanços.

Saí de lá com vontade de esganar a velha! mas gostei do filme, tenho é saudades de ver um filme que me disponha bem e me faça rir um bocado. Ultimamente só vejo filmes violentos, deprimentes ou bodegas.



13 Comments:

Blogger Geo said...

parece interessante :)

tenho um novo post ehe ^^

ja agr aproveito pa dizer que tenho um outro blog agora...é so de musica prtto pode n agradar a todos...

www.stick-figure24.blogspot.com

bj

10:57 da tarde  
Anonymous Pedro Fonseca said...

Nesse caso, aconselho-te "Scoop" do, e com, Woody Allen, Hugh Jackman e Scarlett Johansson.

11:37 da manhã  
Blogger Rafeiro Perfumado said...

Estás a precisar é dumas férias, um cruzeiro, do género do poste de baixo! ;)

12:55 da tarde  
Blogger Naeno said...

POUSADO

Sobre a rosa virgem e o lírio
Pousa o anjo levemente,
Quem dera em rosa casta,
Ou em lírio transformar-me

Por mais que sempre o enalteça,
O anjo não me escuta
Mas ouve quem sabe, além,
E sua voz é silêncio.

Pó que sempre procurá-lo
Se o anjo acariciado,
Perde suas penas e chora.

O anjo é visível ao querer,
O anjo não se constata,
Apenas se pressente.

Um beijo

Naeno

1:40 da tarde  
Blogger Alexandre said...

Sim, por acaso a ideia que tenho as professoras de francês eram o de serem velhas, más e chatas. Mas em concreto não me lembro de nenhuma e ainda bem.

Das professoras de português, pelo contrário, sinto muito carinho e muita saudade de quase todas - sempre foi uma das minhas melhores disciplinas, talvez por isso!

Quanto ao filme, deve ser um tipo de filme de que eu gosto, já está agendado. Só me falta a companhia...

8:47 da tarde  
Blogger SAM said...

So a mim é que as professoras nunca se atiram!!!
Mas tenho a certeza que já se arrependeram disso! Agora sou eu que não quero! LOLOLOLOLOL

Beijo!

10:30 da tarde  
Blogger lifeyes said...

Concordo com o rafeiro: vai mas é de férias :D
raio de filmes que tu andas a ver, não havia nada melhor? :D

12:12 da manhã  
Blogger Fallen Angel said...

Resta saber se a menina estria disposta a trocar um gajo mais novo por uma gaja mais velha...

Opções. ;-)

Boa semana, menina Eu Mesma.

11:42 da manhã  
Blogger eu mesma! said...

fallen angel

não sei se se referia a mim, mas se for esse o caso saiba que gostar de mulheres no sentido do filme não faz o meu género...

12:24 da tarde  
Blogger eu mesma! said...

pedro fonseca

esse filme o Scoop já vi e já postei sobre ele, foi bem divertido!

12:24 da tarde  
Blogger eu mesma! said...

rafeiro

fiz uma vez um cruzeiro nas Caraibas e não fiquei cliente, era demasiado americanizado para meu gosto.

12:25 da tarde  
Blogger eu mesma! said...

alexandre

disse aquilo porque uma das minhas professoras de portugês era mesmo daquele género, até fugiu com uma aluna...

12:26 da tarde  
Blogger eu mesma! said...

lifeyes

quem me dera poder ir de férias agora...

12:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home