quinta-feira, março 22, 2007

Clássicos da literatura


Sei que a vida moderna não vos deixa tempo para a leitura de bons livros. Assim, apresento o resumo vários clássicos da literatura que muito vos ajudarão a "aumentar" a vossa cultura geral e a fazer boa figura quando forem inquiridos sobre o assunto...


Gustave Flaubert: Madame Bovary. 778 páginas.

Uma dona de casa mete os cornos no marido e come o padeiro, o leiteiro, o carteiro, o homem do botequim, o dono da mercearia e um vizinho cheio de dinheiro. Depois entra em depressão, envenena-se e morre.
Fim


Leon Tolstoi: Guerra e Paz. Paris, Ed.Chartreuse. 1200páginas.

Um rapaz não quer ir à guerra por estar apaixonado e por isso Napoleão invade Moscovo. A menina casa-se com outro.
Fim.


Marcel Proust: À La recherche du temps perdu.Paris, Gallimard. 1922. 1600 páginas

Um rapaz asmático sofre de insônia porque a mãe não lhe dá um beijinho de boa-noite. No dia seguinte (pág. 486 vol. I), come um bolo e escreve um livro. Nessa noite (pág.1344, vol.VI) tem um ataque de asma porque a namorada (ou namorado?) se recusa a dar-lhe uns beijinhos. Tudo termina num baile (vol. VII) onde estão todos muito velhinhos - e pronto.
Fim.


Luís de Camões: Os Lusíadas.
Um poeta com insônias decide chatear o rei e contar-lhe uma história de marinheiros que, depois de alguns problemas (logo resolvidos por uma deusa finérrima do jet set da altura), ganham uma vida boa numa ilha cheia de mulheres boazonas.
Fim.


William Shakespeare: Romeo and Juliet
Dois adolescentes muito lindos apaixonam-se , mas as famílias proíbem o namoro, os dois grupos andam á porrada, uma zanga danada e muita gente aleija-se. Então, um padre tem uma idéia idiota e os dois morrem depois de beber veneno, pensando que era um remédio para dormir.
Fim


William Shakespeare: Hamlet.
Um príncipe com insônias passeia pelas muralhas do castelo, quando o fantasma do pai lhe diz que foi morto pelo tio que dorme com a mãe, cujo homem de confiança é o pai da namorada, que, entretanto, se suicida ao saber que o príncipe matou o seu pai para se vingar do tio que tinha matado o pai do seu namorado e dormia com a mãe. O príncipe mata o tio que dorme com a mãe, depois de falar com uma caveira e morre assassinado pelo irmão da namorada, a mesma que era doida e que tinha se suicidado.
Fim.



Sófocles: "Édipo-Rei"

Um maluco completamente esparvoado, não ouve o que um ceguinho lhe diz e acaba matando o pai, comendo a mãe e furando os olhos.
Por conta disso, séculos depois, surge a psicanálise que, enquanto mostra que você vai pelo mesmo caminho, lhe tira os olhos da cara em cada consulta.
Fim.


William Shakespeare: Othelo

Um rei otário, tem um amigo muito fdp que só pensa em fazê-lo de idiota. O tal "amigo“ como não consegue um cargo no governo, resolve vingar -se do rei, convencendo-o de que a rainha está anda a comer outro. O palerma acredita e mata a rainha. Depois descobre que não era corno, mas apenas muito burro por ter acreditado no f.d.p.. Prende o gajo e fica a chorar sozinho.
Fim.


Vocês economizaram a leitura de pelo menos 7.000 páginas e muito dinheiro em livros, e agora podem comprar tranquilamente uma cervejola e ler sossegadinhos a Playboy
ou a Caras...
Quem amiguinha? quem é?




13 Comments:

Blogger Minerva McGonagall said...

Isso parece-me shakespeare a mais... já vi que gostas mesmo do autor!

Tenho a colecção completas das suas obras, mas ainda não li sequer uma. Estou a ver se arranjo tempo. Mas antes ainda quero ler Cervantes!

9:40 da tarde  
Blogger Peste said...

é pá fantástico... isto de ler livros através de ti!!

o meu sincero obrigado pelo q m poupas-te (agora q não tenho tempo nem para ler rótulos)

Beijocas

9:41 da manhã  
Blogger Capitão Merda said...

Isto sim, é serviço público!

10:10 da manhã  
Blogger Geo said...

ler livros de 1000 e tal paginas? é ja a seguir lol

no entanto nao deixam de ser boas leituras....

10:45 da manhã  
Blogger 1entre1000's said...

ainda bem que podemos sempre contar contigo... :D:D:D

11:34 da manhã  
Blogger Fallen Angel said...

E a Biblia?

12:06 da tarde  
Blogger peace_love said...

Tá boa! Tenho curiosidade de ler o Madame Bovary porque nunca o encontrei na biblioteca lá da terra.

12:21 da tarde  
Blogger Triss said...

grande post, obrigada pela dose massiva de cultura:-)
gostei particularmente dos resumos do Hamlet e Édipo, muito bom.

12:31 da tarde  
Blogger SAM said...

Eu estou a ler, Lilien pra Marken of Fallen under Himlen: Tre gudelige Taler ("Os lírios do campo e as aves no céu: três discursos devocionais"), de Kierkegaard, em versão original. São artigos que apareceram quase um ano depois da sua experiência religiosa de 1848 e tem o tom semelhante ao do "Discursos Cristãos". É essencialmente um livro de entretenimento, com um tom bastante frívolo. É edificante saber que os filósofos também têm pé de atleta.

lololololololol

beijo e bom fim de semana!

1:07 da tarde  
Blogger Capitão Merda said...

Eu Mesma:
Que tal pensares na sugestão do fallen Angel?

1:25 da tarde  
Blogger Nanny said...

Pena as traduções serem abrasileiradas... LOL

Beijoca da gata

1:40 da tarde  
Blogger Lu Geiger said...

Hehehe... mas há mais algumas; confere no artigo que tá no meu post "como você escolhe o que lê"... depois do restante das dicas, já dá pra morrer!

4:11 da tarde  
Blogger Z said...

Obrigado!! Fico à espera de mais!
Brilhante

6:20 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home