segunda-feira, agosto 07, 2006

Bolas de Berlim com recheio de santola



Este fim de semana vinha na revista Única do jornal Expresso, uma reportagem sobre o chefe Luís Baena do restaurante Quinta de Catralvos, na EN 379, em Azeitão. Confesso que fiquei com uma vontade indescritível de lá ir por causa de uma receita que trazia. Receita e foto. Trata-se de uma Bola de Berlim com santola, hummmmm…
Aqui vai a receita para quem não leu o jornal.

O que leva:

Massa: 200g de farinha; 1 ovo; 10g de manteiga; sal qb; 35g de leite; 15g de fermento de padeiro

Recheio: 250g de carne de santola desfiada; 150g de pão de forma; 150g de maionese; 150g de pickles; 150g de ketchup; 20 g de mostarda, tabasco qb; conhaque qb; flor de sal qb; pimenta preta qb

Como se faz:

Bolas de Berlim: Misturar todos os ingredientes e deixar levantar até duplicar o volume. Seguidamente, enrolar bolinhas com o tamanho pretendido (cerca de 25g cada bolinha). Fritar a 160º, depois de levedadas mais uma vez. Escorrer bem

Para o recheio: Envolver todos os elementos. Guardar no frio.

Rechear as bolinhas com o creme de santola

A foto é da revista, ainda não fiz mas vou fazer nas férias (tenho mais tempo e sempre posso engordar um bocadinho….). Depois digo como ficaram, a dificuldade vai ser arranjar o fermento de padeiro, não sei qual a equivalência ao Fermipan, aquele que vendem nos supermercados

6 Comments:

Blogger Fezoca said...

a santola eh um peixe?
parece muito bom! :-)

8:42 da tarde  
Anonymous Rosa Maria said...

O nome Bola de Berlim me relaciona a algo doce,talvez pelas que comi em pastelarias. Não sei se esta bola deveria ter outro complemento no nome ou se "de Berlim" é o genérico para estas bolas.
Mas deve ser bom pela santola.

5:25 da manhã  
Blogger eu mesma! said...

Fezoca: santola é um caranguejo bem grandão, cujo corpo tem no mínimo cerca de 10 cm de diâmetro.

Rosa Maria: na realidade eu também sempre comi bolas de berlim docese adoro quando estão morninhas. Para quem não vive em Protugal, são bolos fritos, muito fofos, cheios de açúcar por fora e recheados de creme de pasteleiro.

10:02 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

olá!

Achei o teu blog interessante aaim como as receitas.

Pois bem eu já tive o privilégio de ir á Qta. dos Catralvos... mas, não comi as bolas de berlim...
Claro que gostei. A cozinha dele é uma arte... e a conta também!!!

Boas férias.

MALICE

5:48 da tarde  
Blogger Pedro said...

até dia 13 de Abril podemos comer estas e outras iguarias do Luis Baena (restaurante do Hotel Tivoli Lisboa) na feira http://www.peixemlisboa.com/ no Terreiro do Paço.

Junto com esta Bola de Berlim, que em vez do açúcar da cobertura tem um pó ralado de camarão e mexilhão, têm ainda acepipes como salsicha de lula e tamboril ou guacamole de ervilha.

Tudo uma delícia. este foi o chef que mais gostei na feira!

3:56 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

achei estas bolas pavorosas.!!!..
Qualquer dia fazem pasteis de nata com recheio de tripas.. e crepes recheados de farinheira com chantilly e chocolate...!!!!

1:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home