sexta-feira, dezembro 14, 2007

O segredo da minha ausência

Houve quem se tenha interrogado pela minha ausencia, a explicação reside numa visitinha que tive... que me deixou este poema e não só...

Quando eu te encontrar, possuir-te-ei
Quando eu te encontrar...
Levar-te-ei até à cama
Sem pedir licença;
Tocar-te-ei em todo o teu corpo
E, sadicamente, te possuirei !
Vou te deixar com uma enorme
Sensação de cansaço
Entregue inteirinho !
Lentamente...
Vou te fazer sentir arrepios,
Fazer-te suar
Profundamente !
Irás gemer,
Até chorar.
Deixar-te-ei ofegante,
Tirar-te-ei o ar,
A tua cabeça pulsará.
Da cama não conseguirás sair !
E quando eu terminar,
Irei embora sem me despedir
Com a certeza de que voltarei !
Assinado: A Gripe

O que é que pensaram?

6 Comments:

Blogger afectado said...

É que tinha pensado mesmo na gripe... ou não :)

Beijo

9:41 da tarde  
Blogger Casemiro dos Plásticos said...

gripe penso eu de que...
bj

9:53 da tarde  
Blogger PMBC said...

Muitastimasmelhoras!

12:28 da manhã  
Blogger Olá!! said...

No inicio pensei uma coisa,
a meio outra
no fim fiquei contagiada
atchimmmmm
hahaha
bj

3:22 da tarde  
Blogger Francis said...

Ora bolas!
Depois de me criares água na boca!!!

:-(((

11:02 da tarde  
Blogger SAM said...

Olha eu estive ausente por razões bem mais fixes : COMER BEBER E FODER !! tenho muito mais classe caralhe! Que raio de desculpa é essa???
dassse!

LOLOLOLOL

beijo maluka! cuidado com as recaídas!

8:39 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home